top of page

5 Maiores Mitos Sobre o Consumo de Proteínas: A Verdade Que Você Precisa Saber

A proteína é um macronutriente essencial na alimentação para o bom desempenho do nosso organismo, principalmente quando falamos em saúde e longevidade. Porém, muitos mitos sobre ela circulam pela internet, impedindo as pessoas de ter um consumo adequado. Preparei 5 mitos interessantes sobre esse tema. Prepare-se para descobrir a verdade por trás dessas histórias!





Mito 1: Proteínas Fazem Mal para os Rins


Um dos mitos mais difundidos é o medo de que uma dieta rica em proteínas possa prejudicar os rins. Na realidade, para indivíduos saudáveis, não há evidências que comprovem que a ingestão moderada a alta de proteínas cause dano renal. Estudos mostram que dietas ricas em proteínas podem ser benéficas para a composição corporal e a saúde metabólica, desde que seus rins estejam funcionando normalmente. Se você tem problemas renais preexistentes, aí sim é importante ajustar a ingestão de proteínas com a orientação de um médico.


Mito 2: Veganos e Vegetarianos Não Conseguem Atender às Necessidades de Proteínas


Muitas pessoas acreditam que veganos e vegetarianos não conseguem obter proteínas suficientes em suas dietas. Contudo, com uma alimentação balanceada e consciente, é perfeitamente possível alcançar a meta de proteínas de fontes vegetais. Alimentos como leguminosas (feijões, lentilhas), grãos inteiros (quinoa, amaranto), sementes (chia, linhaça) e nozes são ricos em proteínas. Além disso, vegetais como brócolis, espinafre e batata-doce também contêm quantidades significativas de proteínas.


Mito 3: Whey Protein é Melhor do que Proteínas In Natura


O Whey Protein é um suplemento popular entre atletas e frequentadores de academias, mas não é superior às proteínas provenientes de alimentos naturais. Carnes, ovos e peixes são excelentes fontes de proteínas completas, fornecendo todos os aminoácidos essenciais que o corpo precisa. Enquanto o Whey Protein pode ser conveniente e útil em certas circunstâncias, ele não substitui a importância dos alimentos integrais em uma dieta balanceada.


Mito 4: Há uma Limitação Rigorosa Sobre a Quantidade de Proteína que Você Pode Consumir por Refeição


Essa ideia sugere que o corpo só pode absorver aproximadamente 20-30 gramas de proteína por refeição, o que é uma simplificação. Na verdade, enquanto o corpo tem uma capacidade máxima de utilização de proteínas para a síntese de massa muscular, ele pode utilizar o excesso de proteínas de várias maneiras, incluindo a conversão em energia. O consumo diário deve variar entre 0,8 a 2g/kg de peso porém, a absorção de proteínas é complexa e depende de vários fatores, como a idade, o nível de atividade física e as necessidades individuais de cada pessoa.


Mito 5: Apenas Pessoas que Treinam Muito Precisam Ficar Atentas ao Consumo de Proteínas


Outro mito comum é que apenas atletas ou indivíduos que treinam intensamente precisam se preocupar com a quantidade de proteína na dieta. A realidade é que todos necessitam de proteína adequada para manter a saúde geral e o funcionamento eficiente do corpo. As proteínas são fundamentais para a reparação celular, produção de hormônios, manutenção da massa muscular e fortalecimentos do sistema imunológico.


Falando sobre Fontes Naturais de Proteínas...


Para garantir uma ingestão adequada de proteínas, ovos, carnes são excelente opções. Estes alimentos são ricos em proteínas de alta qualidade, além de fornecerem outros nutrientes essenciais como vitaminas, minerais, e ácidos graxos saudáveis.


Entender a verdade sobre o consumo de proteínas pode ajudar a otimizar sua dieta e melhorar sua saúde a longo prazo. Não se deixe enganar por esses mitos comuns. A proteína é um nutriente vital e pode ser consumida de várias fontes, ajudando todo mundo – não apenas atletas – a atingir seus objetivos de saúde e bem-estar.






Juliana da Silva é médica (CRMSP 144.525) parceira e membro da diretoria científica do Movimento Médicos Atletas e atua como generalista com foco em nutrição e medicina do estilo de vida.


É especialista em ajudar pessoas que buscam mais qualidade de vida, controle de suas doenças crônicas e longevidade através dos hábitos saudáveis.


Quer agendar uma consulta? Se sim, clique no botão abaixo.








40 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page