top of page

Avaliação pré-participativa: o que é e como fazer a sua

Todas as pessoas que praticam exercícios físicos deveriam ser avaliadas por um profissional de saúde médico antes de frequentarem uma academia ou mesmo para se exercitarem ao ar livre.

A avaliação pré-participativa é uma completa história dos antecedentes de doenças pessoais e familiares de uma pessoa, somada com exame físico por um médico treinado no assunto, associando ou não exames complementares, caso necessários.


Estes exames não são mandatórios na maioria dos casos e variam dependendo do paciente e seu quadro clínico.


Alguns colégios de medicina do esporte do mundo, como o americano, exigem que seja respondido um questionário chamado de PAR-Q, que inclui perguntas como: se o paciente já se sentiu mal fazendo atividades físicas, com dor no peito ou falta de ar desproporcional à atividade física, e também se já teve diagnóstico de problema do coração pessoal ou na família. A morte súbita, por exemplo, quando acontece em familiares, sempre deve ser motivo de cuidado especial, principalmente quando se tratam de parentes de atletas.


Já algumas outras sociedades de medicina esportiva, como a européia, indicam que seja feito pelo menos um eletrocardiograma em pessoas que desejam praticar exercicios fisicos. É um exame de muito baixo custo, fácil acesso, e importante para afastar doenças silenciosas que podem se tornar malignas durante a atividade física mais vigorosa.




Independente do colégio adotado, passar por um médico especialista para um exame fisico é imprescindível!

O médico irá avaliar condições que sejam impedimento para a prática de exercícios físicos, bem como os exercícios ideais para cada tipo de doença ou condição física.

Poucas doenças impedem que alguém pratique exercício físico algum.


Doenças como uma estenose ( fechamento parcial ) grave de válvula aórtica do coração podem levar a arritmia cardíaca letal quando o coração tem que fazer algum esforço acima do básico.


Por outro lado, uma simples anemia pode fazer com que a pessoa se exercite com mais dificuldade, sentindo tontura, fraqueza e até desmaiando.


Situações diversas que impedem temporariamente a prática de exercicios físicos podem ser tratadas e curadas. Claro que várias delas poderiam ter sido evitadas se as pessoas praticassem exercicios fisicos sempre, desde a infância. Mas nunca é tarde para se tratarem doenças que lhe impedem de ter mais saúde.


Além disso, exercícios físicos mostraram ser eficazes no auxílio ao combate a doenças como Alzheimer em fase inicial, ajudam a curar inumeras doencas cronicas e a evitar dezenas de outras, inclusive vários tipos de câncer.


Ou seja, motivos não faltam para se iniciar a prática saudável de exercícios físicos, mas faça bem feito!!!

14 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page